Buscape

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

UOL

boox

Mundi viagens

Mundi - Compare Preços de Passagens Aéreas e Hoteis

Pesquise Preços

colmeia

Colmeia: O melhor dos blogs
Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Argila nos cabelos



argila-cabelosMuito se fala no tratamento de cabelos e a todo instante novas técnicas vão surgindo, mas as vezes, a matéria prima para o tratamento pode estar mais perto do que se imagina e, ao invés de utilizar máscaras importadas e caras, que tal conhecer os benefícios da argila.

A argila anda surpreendendo com suas técnica revulucionárias, a touca de argila branca, por exemplo, é uma delas, devolve a força para cabelos muito danificados.

Esta fazendo enorme  sucesso com o tratamento conhecido por marmorização, que recupera os fios sem vida e sem força por causa do excesso de química.
Cabelos com tintura ou virgens podem receber o tratamento. Os fios ganham elasticidade e, por mais danificados que estejam, passam a ter muito mais brilho.

A argila branca é a mais indicada para obter os efeitos, porque ajuda a repor a queratina perdida pelos cabelos danificados. Os efeitos duram cerca de um mês. Após o prazo, o ideal é refazer a aplicação.

A argila nos fios promove um tipo de peeling capilar, com ação bactericida, anti-inflamatória e anti-séptica. Rica em sais minerais como zinco, cálcio, potássio e ferro, além de eliminar as células mortas, ela faz uma limpeza profunda. Tem ainda propriedade tonificante, adstringente, hidratante, cicatrizante, nutritiva e claro, revitalizante. Os minerais encontrados nas argilas funcionam como potenciadores de determinados efeitos, conforme a sua concentração.

Um dos principais benefícios que a argila trás para os cabelos é a limpeza profunda, o cabelo recebe óleo mineral, que desobstrui os poros do couro cabeludo, fazendo com que os fios cresçam com mais força e mais rapidamente. É também uma maneira de diminuir a oleosidade dos fios, pois faz uma limpeza profunda nos cabelos.

O procedimento pode ser feito no salão ou até mesmo em casa. Os produtos são indicados para uso na face, no corpo e claro, no cabelo.

Basta apenas adicionar água e formar uma pasta. Depois, é só remover com água fria. A granulação do produto é fracionada para o uso estético e cosmético, com grãos uniformes e arredondados, para não machucar a pele.

Os tipos de argila mais usados para tratamentos capilares são os de cor verde,argila branca (ação tonificante, adstringente e estimulante) e preta (ação anti-seborréica e anti-oxidante). Essa última tem maior quantidade de matéria orgânica e enxofre e, por isso, é mais ácida.

O tratamento pode ser feito toda semana e não existe um número exato de aplicações para que o cabelo fique com aspecto melhor. O tempo varia de acordo com o estado em que o cabelo se encontra.

Quem optar fazer o tratamento no cabeleireiro pode achar o preço um pouco salgado. No salão, uma seção de argiloterapia pode custar entre R$ 130 e R $250. A aplicação pode demorar até 1h20, dependendo da extensão do cabelo.

Tipos de argila e aplicações:

ARGILA VERDE: rica em silício e diversos oligoelementos. Desinfiltra, é esfoliante suave, promove a desintoxicação e regula a produção sebácea.
Efeitos: desintoxicante e adstringente.

ARGILA BRANCA: rica em silício e alumínio e diversos oligoelementos. Promove aumento na oxigenação de áreas congestionadas, a uniformização pela esfoliação suave e regula a queratinização. Efeito: revitalizador.

ARGILA CINZA: rica em silício e alumínio e diversos oligoelementos. Efeitos: antiinflamatório e cicatrizante.

ARGILA VERMELHA: rica em silício e ferro e oligoelementos. Regula a microcirculação cutânea, sendo recomendada para peles sensíveis, com couperose e avermelhadas. Efeitos: regulador e tensor.

ARGILA AMARELA: rica em silício, alumínio e oligoelementos. Resulta em efeito tensor e ativador da circulação produzido pelo ferro, além do seu maior teor de potássio. Contribui para o equilíbrio iônico e hidratante do gel celular. Efeitos: desinfiltrante, adstringente e desintoxicante.

ARGILA MARROM: rara, com elevado teor de silício, alumínio e titânio e outros oligoelementos. Resulta em efeito ativador da circulação, além de contribuir com um efeito equilibrador e revitalizador. Efeitos: desinfiltrante, adstringente e desintoxicante.

ARGILA PRETA: rara, com elevado teor de silício, alumínio e titânio e outros oligoelementos. Resulta em efeito ativador da circulação, adstringente além de contribuir com a renovação celular. Efeitos: anti-inflamatório, cicatrizante, tensor e desintoxicante.




Dica de receita de máscara capilar com argila. Ideal para cabelos oleosos


Máscara capilar é uma ótima opção para quem quer ter os cabelos bonitos sem gastar muito. Para quem tem cabelo oleoso, a dica é fazer uma máscara de argila.
Máscara de argila
Ingredientes:
2 colheres (sopa) de argila
1/2 xícara (chá) de água mineral sem gás

Como fazer: misture os dois ingredientes mexendo bem até ficar bem homogêneo.
Como aplicar: com o auxílio de um pincel, aplique essa pasta no couro cabeludo e nos cabelos previamente lavados com xampu para cabelos oleosos. Deixe agir por 20 minutos. Retire a máscara com água corrente e lave os fios com xampu neutro. Se os cabelos estiverem muito ressecados nesse momento, após o xampu, aplique um creme hidratante e enxague completamente. Repita a aplicação uma vez por semana, durante seis semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário